Prefeito de Piraí do Norte desconta salários de professores que participaram de atos cobrando pagamento do piso salarial

A informação dos descontos foi dada na última sexta-feira, (29), pela professora e coordenadora da APLB em Piraí do Norte, Iossimara Nunes

Por Diário Paralelo em 02/04/2024 às 10:38:33

O prefeito Ulysses Veiga resolveu contra-atacar, e reter parte dos sal√°rios dos professores da rede municipal de ensino que participaram de atos, cobrando o cumprimento da lei do piso salarial. O embróglio entre governo municipal e professores se arrasta desde 2022, sem sequer ter sido registrado negociações entre às partes.

A informação dos descontos foi dada na √ļltima sexta-feira, (29), pela professora e coordenadora da APLB em Pira√≠ do Norte, Iossimara Nunes. 

Pelo menos quatro manifestações foram registradas no m√™s passado, dois deles resultando em ocupação no pr√©dio da prefeitura local. Ulysses Veiga chegou a agendar reunião com os professores, mas, horas antes e sem justificativa, acabou desmarcando. 

No in√≠cio de março o prefeito enviou um of√≠cio a APLB, alegando insufi√™ncia dos recursos do FUNDEB para cumprir à lei do piso. Para al√©m disso, os docentes cobram ainda o pagamento do retroativo de 7,5% que não foram pagos, mas lançado no Tribunal de Contas dos Munic√≠pios - TCM como quitados e explicações sobre o não repasse de valores de empr√©stimos consignados nos bancos Bradesco e Brasil, descontados nos sal√°rios e não encaminhados às instituições financeiras. 

Comunicar erro

Coment√°rios