Mesmo sem documentações exigidas, empresa de aliado do prefeito Kaká e do médico Antônio Lopes vence licitação em Wenceslau Guimarães

Publicado há quase um mês, o chamado público visa à aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor rural, que serão destinados às escolas da rede municipal de ensino para este de 2024

Por Diário Paralelo em 17/04/2024 às 10:44:17

Um chamento p√ļblico para contratação de empresa especializada no fornecimento de g√™neros aliment√≠cios, produzidos por associações de agricultura familiar, levantou suspeitas de fraudes e ind√≠cios de favorecimento em favor de um aliado do prefeito "Kak√°" e do m√©dico Antônio Lopes, em Wenceslau Guimarães.

Publicado h√° quase um m√™s, o chamado p√ļblico visa à aquisição de g√™neros aliment√≠cios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor rural, que serão destinados às escolas da rede municipal de ensino para este de 2024.

Pelo menos duas empresas teriam participado do chamada p√ļblica 001/2024, uma delas sendo a Associação dos Pequenos Agricultores e Agricultoras Familiares de Wenceslau Guimarães, presidida por Cl√°udio de Oliveira Silva, aliado ao governo municipal. Só que segundo apurações, a Associação vencedora sequer apresentou documentações exigidas na fase de habilitação, o que, de acordo com requisitos do próprio setor de licitação, j√° provocaria sua eliminação do chamamento.

Ainda segundo apurado, um dos documentos exigidos no certamente e que não foi apresentado pela empresa vencedora foi o Registro do MAPA, que trata-se de um registro exigido para comercialização de polpas de frutas adquiridas pelo poder p√ļblico para estudantes do PNAE. Al√©m de não apresentar o MAPA, a Associação dos Produtores Rurais de Wenceslau Guimarães não apresentou tamb√©m Certidão de Alvar√° de Funcionamento, nem a certidão de Alvar√° Sanit√°rio, outros requisitos para habilitação em certame do tipo. 

Comunicar erro

Coment√°rios