Médico concursado se torna alvo de perseguição e assédio moral em Wenceslau Guimarães

Segundo o próprio médico, as perseguições tiveram início já em março deste ano, quando ele teria divulgado um primeiro vídeo denunciando os primeiros problemas

Por Diário Paralelo em 04/06/2024 às 20:09:03

Um m√©dico concursado, passou a ser alvo de perseguição e ass√©dio moral em Wenceslau Guimarães, depois de ter cobrado melhorias no transporte usado para transportar profissionais de sa√ļde que atuam em regiões rurais do munic√≠pio. Segundo o próprio m√©dico, as perseguições tiveram in√≠cio j√° em março deste ano, quando ele teria divulgado um primeiro v√≠deo denunciando os primeiros problemas.

Um v√≠deo que passou à circular nesta terça-feira, (04), nas redes sociais, mostra o m√©dico Dr.¬ļ Gabriel questionando o coordenador de transporte dos profissionais, os motivos pelos quais teria sido deixado para tr√°s. Nas imagens, o rapaz alega que o m√©dico não estava no local de "apanha" no hor√°rio marcado.

"Grave o que voc√™ quiser. Seu trabalho √© 07h20 da manhã, o senhor não chegou, o carro foi embora e acabou", disse um dos coordenadores no v√≠deo gravado pelo m√©dico. Ainda no v√≠deo, o m√©dico alega que estava às 07h24 em um posto de combust√≠vel, próximo ao local de embarque, mas foi rebatido pelo respons√°vel pelo transporte que ele "não seria bombeiro" para ficar em posto de gasolina. Para o coordenador, o m√©dico teria que estar em frente à Secretaria Mun. de Sa√ļde, onde √© feita a "apanha". 

Na discussão, o coordenador chegou a dizer que iria processar o m√©dico, caso ele continuasse gravando. "Jogue ai na rede... faz o que o senhor fez com Gilvan", disparou. A discussão se prolongou por pelo menos tr√™s minutos.




Comunicar erro

Coment√°rios

Acompanhantes Universitarias