Fraude em cota de gênero pode resultar em cassação de vereador em Teolândia

O informado é de que pelo menos duas dessas candidaturas teriam sido "laranjadas", quando o nome só é incluído para atingir o número de cotas, mas sem intenção nenhuma de disputar à eleição.

Por Diário Paralelo em 11/02/2024 às 12:20:08

O vereador JosĂ© Borges dos Santos, de 59 anos, pode ter seu mandato cassado por possĂ­vel fraude em cotas de gĂȘnero na disputa municipal de 2020. Popularmente conhecido como "ZĂ© Borges", ele foi eleito pelo Partido dos Trabalhadores - PT, com 396 votos. 

JosĂ© Borges foi um dos 14 candidatos que disputaram uma vaga na CĂąmara de TeolĂąndia pelo PT e foi o sexto mais votado, dos 09 eleitos. 

As suspeitas que estão sendo investigadas Ă© de que houve fraude na cota de gĂȘnero apresentada pelo partido, que exige, no minĂ­mo, 30% de participação feminina como candidatas. O informado Ă© de que pelo menos duas dessas candidaturas teriam sido "laranjadas", quando o nome só Ă© incluĂ­do para atingir o nĂșmero de cotas, mas sem intenção nenhuma de disputar à eleição.

Os dois alvos são "Rita do sindicato" e Zenilda. Nenhuma das candidatas obteve votos, o que levanta suspeitas de candidaturas fraudulentas para burlar o sistema eleitoral. Caso comprovado às suspeitas, ZĂ© Borges poderĂĄ ter seu mandato cassado nos próximos dias. 

Comunicar erro

ComentĂĄrios