Lula ataca Israel e se posiciona favoravelmente ao Hamas durante fala na Etiópia

O comentário do petista foi feito em conversa com à imprensa, neste domingo, (18), durante sua passagem Adis Abeba, capital da Etiópia, pouco tempo antes de retornar ao Brasil.

Por André José em 18/02/2024 às 06:39:38

O presidente brasileiro Luiz In√°cio Lula da Silva se virou contra Israel, e chamou de genoc√≠dio às ações de defesa que o pa√≠s vem usando para se defender dos ataques do grupo terrorista Hamas. Lula chegou à comparar a defensiva dos israelenses com o extermin√≠o liderado por Adolf Hitler, na extinta Alemanha nazista.

O coment√°rio do petista foi feito em conversa com à imprensa, neste domingo, (18), durante sua passagem Adis Abeba, capital da Etiópia, pouco tempo antes de retornar ao Brasil. 

Al√©m de uma aparente defesa ao grupo terrorista Hamas, Lula tamb√©m criticou o corte de apoio financeiro que estava sendo feito pela Organização das Nações Unidas - ONU, aos refugiados palestinos. Os repasses foram suspensos após investigações apontarem a exist√™ncia de terroristas infiltrados sendo beneficiados. 

"Quando eu vejo o mundo rico anunciar que est√° parando de dar contribuição para a questão humanit√°ria aos palestinos, eu fico imaginando qual o tamanho da consci√™ncia pol√≠tica dessa gente e qual o tamanho do coração solid√°rio dessa gente que não est√° vendo que na Faixa de Gaza não est√° acontecendo uma guerra, mas um genoc√≠dio", disse o petista.

Após repercussão do caso, o primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu se posicionou e disse que Lula havia "cruzado à linha vermelha e banalizado o holocausto", reforçando que às palavras do brasileiro eram vistas como vergonhosas e graves. 

Comunicar erro

Coment√°rios